Pôster do filme “Criação” (Creation) - baseado no livro “Annie’s Box”, escrito por Randal Reynes, tataraneto de Charles Darwin, o criador da teoria da evolução.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Dinamarca quer só casas "verdes" feitas até 2020; projeto inclui incentivos fiscais

A Dinamarca estuda beneficiar financeiramente quem construir casas "verdes". A ideia é que as pessoas que utilizarem painéis solares e sistema de reaproveitamento de água, por exemplo, paguem menos impostos.


.
Com isso, o governo pretende que todas as novas casas construídas sejam consideradas "verdes" até 2020.

"Os dinamarqueses não são do tipo que abraça árvores, mas a preocupação ambiental está sendo incentivada pelo governo", diz Thomas Nordli, consultor da Rockwool (empresa que trabalha com tecnologias limpas para construção civil).

Uma casa "verde" custa cerca de 5% a mais do que uma casa comum naquele país. "Depois de construída, o proprietário só se beneficia e economiza", explica o especialista da Rockwool.

Num país frio como a Dinamarca, algumas tecnologias de construção podem reduzir significativamente os custos de aquecimento. Por exemplo, as janelas maiores (para entrar mais luminosidade) e com vidros três vezes mais grossos.

Esses vidros, aliados às paredes com cerca de 50 cm, funcionam como "cobertor" para a casa e reduzem os gastos com aquecimento.

"Essa tecnologia pode ser usada também para resfriamento, em países quentes como o Brasil", diz Nordli.

Desde a crise do petróleo da década de 1970, a Dinamarca tem investido em energias alternativas, como biomassa, energia solar e eólica (que hoje representa cerca de 20% da matriz energética do país).


.
http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/833822-dinamarca-quer-so-casas-verdes-feitas-ate-2020-projeto-inclui-incentivos-fiscais.shtml

1 comentários:

CHICO LOCO disse...

oi Breno, super legal seu blog, informações inteligentes.. parabens.

jorge (dawkins) dib

Postar um comentário