Pôster do filme “Criação” (Creation) - baseado no livro “Annie’s Box”, escrito por Randal Reynes, tataraneto de Charles Darwin, o criador da teoria da evolução.

quinta-feira, 31 de março de 2011

ESA fornece a mais exacta imagem da gravidade na Terra


.
Dados enviados por satélite para a ESA (Agência Espacial Europeia), durante dois anos, possibilitaram o estudo preciso da gravidade do planeta Terra de uma forma inédita.
Os cientistas detêm agora um dos mais exactos modelos geoide (forma verdadeira do nosso planeta, que não é totalmente arredondado) do lugar onde vivemos.

A imagem foi divulgada durante uma conferência em Munique, na Alemanha
.
O geoide é uma superfície projectada apenas se considerando a sua gravidade, sem a acção de marés e correntes oceânicas.

O modelo serve como referência para medir a movimentação dos oceanos, a mudança do nível do mar e a dinâmica do gelo, o que pode abrir precedente para entender com maior profundidade as alterações climáticas.

Além desses dados oceanográficos, também servirá para estudar a estrutura interna do planeta como, por exemplo, os processos que levam à formação de terramotos de grande magnitude como o que atingiu o Japão a 11 de Março. Do espaço, é praticamente impossível para os satélites observarem a dinâmica dos tremores visto que o movimento das placas tectónicas ocorre abaixo do nível dos oceanos.

Contudo, explica a ESA no seu site, os tremores costumam deixar um «rasto» na gravidade do planeta, o que pode ajudar no estudo do mecanismo de um terramoto e na sua detecção prévia
.
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=60&id_news=502856

Filhote de gorila de três dias é nova atração de zoo irlandês

Mamãe gorila Lena segura seu bebê de três dias no colo


.
O zoológico de Dublin, na Irlanda, apresentou nesta quarta-feira sua mais nova atração: um filhote de gorila de apenas três dias.

Na imagem divulgada pelo zoo, ele aparece no colo de sua mãe, Lena.

O bebê gorila nasceu no último domingo (27), pesando somente 1,81 kg.

Os cuidadores da família ainda não sabem informar se o filhote é fêmea ou macho, pois Lena mantém o gorilinha bem próximo a seu peito

.
http://www1.folha.uol.com.br/bichos/896030-filhote-de-gorila-de-tres-dias-e-nova-atracao-de-zoo-irlandes.shtml

Gases criam nuvem vermelha em torno de bercário de estrelas

Nuvem de gás hidrogênio da NGC 371 está há 200 mil anos-luz de distância, uma das galáxias mais próximas da Via Láctea


.
Uma nuvem formada por gás hidrogênio que está há 200 mil anos-luz de distância --uma das galáxias mais próximas da Via Láctea-- pode ser vista no aglomerado de estrelas NGC 371.

A imagem, feita pelo ESO (Observatório Europeu do Sul) e divulgada nesta quarta-feira, não revela detalhes visíveis a olho nu, mas a nuvem possui os mais diversos estágios da evolução de estrelas --das mais jovens e brilhantes até as supernovas remanescentes das extintas.

A cor vermelha surge justamente da radiação ultravioleta emitida pelas mais novas.

NGC 371 é um dos conjuntos estelares mais raros do espaço por essa particularidade de ter um grande número de estrelas variadas

.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/895969-gases-criam-nuvem-vermelha-em-torno-de-bercario-de-estrelas.shtml

"O Livro Negro da Psicanálise" questiona inverdades sustentadas por Freud


.
Quando foi publicado na França, "Le Livre Noir de la Psychanalyse", organizado por Catherine Meyer, causou polêmica ao questionar a validade das teorias de Sigmund Freud (1856-1939) e a eficiência da psicanálise.

Lançado pela editora Civilização Brasileira, "O Livro Negro da Psicanálise: Viver e Pensar Melhor Sem Freud" chega ao Brasil em edição traduzida e organizada pela psicanalista Simone Perelson.

O título reúne artigos, entrevistas e depoimentos de autores das áreas de história, filosofia, psiquiatria, psicologia, jornalismo e física. Os textos apontam uma série de inverdades postuladas por Freud.

Apesar de o pensamento ainda ser hegemônico na França, e de alguns conceitos --inconsciente e complexo de Édipo, por exemplo-- terem se tornado parte do vocabulário popular, a teoria freudo-lacaniana apresenta franco declínio no restante do mundo.

Para defender o Mestre de Viena, alguns intelectuais, como a historiadora e psicanalista Elisabeth Roudinesco, contestaram o conteúdo do volume. A edição proporcionou debates passionais e ampla repercussão na imprensa francesa. No Brasil --que também conta com defensores da ideia considerada obsoleta--, a publicação deve repetir a disputa

.
http://www1.folha.uol.com.br/livrariadafolha/896016-o-livro-negro-da-psicanalise-questiona-inverdades-sustentadas-por-freud.shtml

RS tinha "dente-de-sabre" herbívoro e com molar no céu da boca


.
A criatura possuía dentes-de-sabre, como os famosos "tigres", mas não tinha nada de carnívora. O resto da dentição até lembrava a dos mamíferos atuais, com uma diferença crucial: o céu da boca servia para mastigar.

Essa anatomia bucal inusitada, nunca vista antes num vertebrado, justifica o nome científico do bicho. O Tiarajudens eccentricus era, de fato, excêntrico --talvez a mais estranha das espécies que povoavam o Rio Grande do Sul há 260 milhões de anos.

Um grupo de paleontólogos está apresentando o animal ao mundo hoje, em artigo na prestigiosa revista americana "Science".

Com 12 centímetros de comprimento e bastante afiados, os caninos parecem máquinas de matar, mas há raros casos de herbívoros com dentes desse tipo, como certos veados asiáticos.

Com base nesses exemplos, dá para traçar algumas hipóteses. Os "sabres" poderiam servir para afugentar predadores. Talvez fossem exibidos e/ou empregados durante disputas por poder e parceiros sexuais.

.
DE FIBRA

Esquisitices à parte, o bicho é importante por mostrar um evento evolutivo crucial: como surgiram os especialistas em devorar plantas.

"A alimentação dele envolvia algum tipo de material vegetal fibroso. A gente sabe que não era capim, porque a grama ainda não havia surgido naquela época. Talvez algo como folhas e caules", diz Juan Carlos Cisneros, paleontólogo nascido em El Salvador, atualmente na Universidade Federal do Piauí.

Ele é o coordenador do estudo, do qual participaram cientistas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e da sul-africana Universidade do Witwatersrand.

Timidamente, Cisneros pede que não se use a palavra "réptil" para se referir ao T. eccentricus. De fato, o bicho não cabe nas classificações tradicionais que usamos para as espécies de hoje

.
Embora tenha algo de lagartão (o tamanho era o de uma capivara), faz parte de um grupo de animais ligados aos avós dos mamíferos, os chamados terápsidos.

A evolução dos terápsidos foi a responsável por criar os primeiros ecossistemas terrestres com cara "moderna", nos quais os herbívoros são maioria. E os estranhos dentes no céu da boca do T. eccentricus ajudam a documentar essa transição.

É que esses dentes apresentam formato diferenciado e padrão de desgaste característico, lembrando os molares dos mamíferos de hoje.

Permitiam processar cuidadosamente os vegetais fibrosos, extraindo deles mais nutrientes do que os dentes de répteis, que só permitem arrancar bocados da comida.

"Há lagartos hoje com dentes no palato [céu da boca], mas eles só servem para prender a comida, nunca para mastigar", diz Cisneros.

Mas como mastigar com o céu da boca sem morder a língua?

"Boa pergunta", ri o paleontólogo. "Achamos que os dentes de baixo, que ainda não foram achados, provavelmente estavam mais para dentro, o que evitaria isso."

SAIBA MAIS

Dentes-de-sabre parecem ser o tipo de "invenção" evolutiva que aparece com alguma frequência. Só entre mamíferos que habitaram a América do Sul, há dois exemplos famosos.

O mais conhecido é o Smilodon, o dente-de-sabre por excelência (o termo "tigre" não é adequado; o bicho não é parente próximo de nenhum felino vivo e não era tigre). Sumiu há 10 mil anos e conviveu com os primeiros habitantes humanos do Brasil.

E há também uma versão marsupial (primo, portanto, dos cangurus), o Thylacosmilus, desaparecido há 3 milhões de anos

.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893796-rs-tinha-dente-de-sabre-herbivoro-e-com-molar-no-ceu-da-boca.shtml

DNA revela o destino dos judeus ibéricos

Que muitos portugueses e brasileiros têm ancestrais judeus e mouros convertidos ao cristianismo --os "cristãos-novos"-- é algo conhecido pela história e pela presença de sobrenomes como Pereira ou Oliveira. Cientistas da Europa e de Israel, estudando o cromossomo masculino Y, demonstraram agora o grau dessa presença na península Ibérica.

O estudo revelou que, em média, os espanhóis e portugueses têm 19,8% de genes de ancestrais judeus sefarditas e 10,6% de ancestrais norte-africanos. Em alguns locais, como o sul de Portugal, a mistura gênica de judeus chegou a 36,3%.

Mais do que refletir a ocupação moura de partes da península, a pesquisa revelou o impacto da conversão forçada de muitos muçulmanos e judeus após a Reconquista cristã.

O estudo, chefiado por Mark A. Jobling, da Universidade de Leicester, Reino Unido, foi publicado ontem na revista "American Journal of Human Genetics". "O cromossomo Y foi estudado porque, de todas as partes do nosso genoma, ele mostra a maior diferenciação geográfica entre populações e, por isso, pode nos permitir ver os efeitos de migrações na península", disse Jobling à Folha.

Os pesquisadores checaram a freqüência dos chamados haplogrupos (mutações de genes do cromossomo Y) entre os homens dos dois lados do estreito de Gibraltar e entre judeus sefarditas vivendo em Israel e em outros locais do Mediterrâneo.

Entre portugueses e espanhóis, o haplogrupo mais comum foi o chamado R1b3 * --presente em 55% dos 1.140 espanhóis e portugueses testados. Já entre os norte-africanos o mais comum era o E3b2 (54% entre 361 cromossomos testados); entre os sefarditas nenhum haplogrupo predominou, mas três deles tiveram cada um freqüências em torno de 15% entre 174 cromossomos --J2, J*(xJ2) e G.

"Nós também achamos traços das invasões norte-africanas no DNA mitocondrial, transmitido por mulheres", complementa outro autor do estudo, Francesc Calafell, da Universidade Pompeu Fabra, de Barcelona, Espanha.


http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u475560.shtml

Países fortes em pesquisa científica perdem para emergentes

Países tradicionalmente fortes em pesquisa científica, caso dos Estados Unidos, Japão e nações europeias, estão perdendo seus postos para os emergentes, entre eles o Brasil, e outras nações que até então não se destacavam nessa área.

SP é a 17ª cidade a publicar mais estudos científicos

Embora os EUA continuem na liderança, a participação norte-americana em termos mundiais, na publicação de estudos científicos entre 1993-2003 e 2004-2008, caiu de 26% para 21%.

A China encostou e ficou em segundo lugar, um salto da sexta para a segunda posição, com 10,2%. Em terceiro, continua o Reino Unido, mas com 6,5%, contra os 7,1% anteriormente registrados.

Apresentado nesta segunda-feira, o levantamento foi feito a pedido da Royal Society, a academia nacional de ciência britânica.

"O cenário científico está mudando. A Ciência está crescendo e surgem novos jogadores", comenta Llewellyn Smith, presidente do grupo responsável pela coleta de dados.

Segundo Smith, entre 2002 e 2007, os investimentos em pesquisa científica cresceram cerca de 45%, mas nos países em desenvolvimento esse percentual beirou os 100%, principalmente na China.

BRASIL

Índia, Coreia do Sul e Brasil são outros países citados como grandes investidores na área científica, baseado nos investimentos que são projetados para o futuro.

O relatório "Conhecimento, Redes e Nações: Colaboração Científica Global no Século 21", que também está disponível na internet, menciona que o primeiro forma 2,5 milhões de graduados em ciência e engenharia a cada ano.

O Brasil é citado pela estimativa de injetar em pesquisa, até 2022, 2,5% do seu PIB (Produto Interno Bruto), mais do que o 1,4% em 2007.

O caso do Irã ilustra o investimento que está sendo feito em pesquisa científica. Em 1996, 736 estudos foram publicados. Em 2008, esse número pulou para 13.238, um reflexo dos 4% do PIB que serão desviados para o setor até 2030 --em 2006, era de 0,59%.

Na Turquia, a quantidade de cientistas cresceu 43% e, em 2008, quatro vezes mais estudos foram publicados quando comparado a 1996.

Na Tunisia, também houve um aumento substancial com 624 unidades de pesquisa e 139 laboratórios criados no período pesquisado.

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/895347-paises-fortes-em-pesquisa-cientifica-perdem-para-emergentes.shtml

EUA identificam gene relacionado à tentativa de suicídio

Cientistas da Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, identificaram uma pequena região no cromossomo 2 que está associada a um maior risco de tentativa de suicídio, afirma estudo publicado nesta terça-feira pela revista "Molecular Psychiatry".

Esta pequena região contém quatro genes, incluindo o gene ACP1 que os pesquisadores encontraram em níveis superiores aos normais no cérebro de pessoas que tentaram se suicidar.

Os pesquisadores dizem que os resultados poderiam levar à prevenção do suicídio, proporcionando novas direções para a pesquisa e o desenvolvimento de medicamentos.

"Durante muito tempo, achamos que os genes tinham um papel importante na decisão de tentar cometer suicídio e, de fato, possuem", assegura a doutora Virgínia Willour, diretora do estudo e professora de psiquiatria e ciências da Escola de Medicina da universidade.

Virgínia e seus colegas estudaram amostras de DNA de quase 2.700 adultos com transtorno bipolar, 1.201 deles com antecedentes de tentativas de suicídio e 1.497 sem este histórico.

Na pesquisa, descobriram que os pacientes que tinham copiada uma vez em seu DNA uma variação genética na região do cromossomo 2, onde se encontra o ACP1, foram 1,4 vez mais propensos ao suicídio.

A influência do número de cópias de alguns genes em doenças neuropsiquiátricas é conhecida, mas o risco aumentou até três vezes entre os que tinham duas cópias desta variação genética.

Segundo dados dos autores, calcula-se que 4,6% da população americana tentou se suicidar alguma vez e o suicídio é a causa de 1,4% de mortes no país. Entre as pessoas com transtorno bipolar, 47% pensam em se matar e 25% realmente tentam o suicídio.

"O que é promissor são as implicações deste trabalho para aprender mais sobre a biologia do suicídio e os remédios utilizados para tratar os pacientes que poderiam estar em risco", assinalou Virgínia.

Os próximos passos serão tentar determinar os mecanismos biológicos exatos pelos quais estes fatores de risco genéticos aumentam o risco de comportamento suicida.

"Nem todas as pessoas com transtorno bipolar podem tomar lítio - um sal natural que normaliza a atividade das células nervosas e costuma ser administrado como estabilizador do estado de ânimo - devido a seus efeitos secundários. Se pudéssemos dar outra opção, isso seria fantástico", assinalou a doutora.

.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/895815-eua-identificam-gene-relacionado-a-tentativa-de-suicidio.shtml

Pesquisa contesta prova criacionista sobre a origem da vida

Kachina Bridge é uma formação rochosa em forma de arco que traria inscrições de culturas pré-históricas e dinossauros


.
A área de Kachina Bridge, em Utah (EUA), considerada uma evidência da teoria criacionista de que a Terra foi criada em um único dia, foi submetida a uma análise de pesquisadores, que chegaram à conclusão final.

As gravuras rupestres de dinossauros não seriam dos animais pré-históricos, mas sim uma boa pintura manchada.

Creative Commons

Kachina Bridge é uma formação rochosa em forma de arco que traria inscrições de culturas pré-históricas e dinossauros
A Kachina Bridge é uma formação rochosa em forma de arco, com mais de 60 metros de altura, que traria inscrições de culturas pré-históricas e de representações de dinossauros.

"A mais importante implicação nesses achados é que o sítio criacionista com evidências da coexistência entre dinossauros e humanos nem mesmo existe", comenta em entrevista ao site LiveScience o paleontólogo Phil Senter, da Universidade Estadual Fayetteville, em Carolina do Norte.

Os estudiosos analisaram quatro imagens do que parecem ser de dinossauros em várias situações: do olhar puro e simples, passando por binóculos e lentes especiais, com iluminação direta e indireta do sol e na sombra.

"O dinossauro 1, apelidado de Sinclair, realmente se parece com um dino se visto por olhos comuns. Mas um olho treinado pode frequentemente enxergar o que um não-treinado vê."

"Até nosso estudo, esta era a melhor gravura de dinossauros e a mais difícil de ser argumentada e interpretada porque se parece muito com um dinossauro", Senter diz. "O 'melhor dinossauro' agora está extinto."

Segundo o grupo, a visão dos dinossauros são ilusões de óptica iguais aos rostos e animais que vemos nas nuvens e nas formações rochosas da Lua.

Senter e a arqueóloga Sally Cole detalham seu trabalho na edição de março do jornal "Palaentologia Electronica".


.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/895491-pesquisa-contesta-prova-criacionista-sobre-a-origem-da-vida.shtml

Teóloga e ateia, professora afirma que Deus tinha uma esposa


.
Sua tese é baseada em provas arqueológicas sobre a existência de uma deusa da fertilidade
.
Francesca Stavrakopoulou é ateia, mas fez doutorado de teologia na Universidade de Oxford, Inglaterra, e hoje é professora do departamento de Teologia e Religião na Universidade de Exeter e apresenta semanalmente uma série produzida pela BBC chamada Os Segredos Escondidos da Bíblia.
Em um episódio do programa a inglesa afirmou que Deus teria uma esposa, pois os antigos israelitas pensavam que o seu Deus Yahweh [Jeová] foi casado
.
Segundo a pesquisadora, as primeiras versões da Bíblia apresentavam uma deusa da fertilidade, Aserá, como a possível companheira de Deus. Mas essa não é uma ideia nova. Em 1967, o historiador Raphael Patai já defendia que os antigos israelitas adoraram tanto Yahweh quanto Asherah (Aserá, em português).
Para “provar” a existência dessa suposta “esposa de Deus” são citados indícios em textos antigos, amuletos e estatuetas encontradas por arqueólogos nas ruínas de uma cidade cananéia, na região de Kuntillet Ajrud, que hoje pertence à Síria. Inscrições em cerâmica encontrada no deserto do Sinai também mostrariam que Yahweh e Asherah eram adorados em conjunto. Também colaboraria para isso a passagem no Livro de 1 Reis que menciona uma imagem da deusa colocada no templo do Senhor e teria sido adulterada posteriormente.
Stavrakopoulou não está sozinha nessa tese, o presidente Centro de Estudos Judaicos do Arizona e do Instituto Albright de Pesquisas Arqueológicas, J. Edward Wright também afirma que há várias inscrições hebraicas mencionando “Yahweh e sua Asherah”. Ele acrescenta que o nome de Asherah não foi inteiramente retirado da Bíblia por seus editores do sexo masculino.
Wright explica que ela era uma divindade importante, símbolo de fertilidade no antigo Oriente (foto), conhecida por sua força e cuidado. Afirma ainda que seu nome por vezes foi traduzido como “árvore sagrada”. Há relatos de que essa árvore foi “cortada e queimada fora do Templo, numa atitude de certos governantes que tentavam ‘purificar’ o culto e dedicar-se à adoração de um único Deus masculino, Yahweh”.
Quem também explica essa teoria de que os judeus adoravam outros deuses e que depois passaram a adorar apenas um é Aaron Brody, diretor do Museu Bade e professor adjunto de Bíblia e Arqueologia na Pacific School of Religion. Ele diz que os antigos israelitas eram politeístas e que só uma “pequena porção” adorava apenas a um Deus. Para ele, foi o exílio de uma comunidade de elite dentro da Judeia e após destruição do Templo de Jerusalém em 586 AC que os levaram a uma “visão universal do monoteísmo restrito.”
.
http://noticias.gospelprime.com.br/teologa-e-ateia-professora-afirma-que-deus-tinha-uma-esposa/

quarta-feira, 30 de março de 2011

History Channel - Do Macaco ao Homem

De onde viemos? Por séculos, a grande pergunta da história humana não teve uma resposta científica. Então, a primeira evidência de um ancestral humano deu início a uma revolução científica. Esta é a história pela busca das origens da raça humana. Ela abrange um século e meio de uma busca incansável e construiu e destruiu carreiras de grandes cientistas da área. Para poucos afortunados uma descoberta abriria um mundo desconhecido dos nossos ancestrais. Agora juntando os fragmentos do passado a história completa foi totalmente concluída. Abrangendo 300.000 gerações, cerca de 3 milhões de anos, é a história do nosso progresso do macaco ao homem
.
Parte 1. http://www.youtube.com/watch?v=KjBZ9f-ix_8
Parte 2. http://www.youtube.com/watch?v=ff6iGPFyGRs
Parte 3. http://www.youtube.com/watch?v=4zfne4VdTZc
Parte 4. http://www.youtube.com/watch?v=UA1IbnmkcXY
Parte 5. http://www.youtube.com/watch?v=z-waPZ_-HjE
Parte 6. http://www.youtube.com/watch?v=1EZw97NT9ok
.
.
.

8 -- Evolução Humana Fácil De Entender

Discovery Channel e a Evolução Humana

Estudo diz que separação amorosa causa sensação de dor física

Um estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, mostra que a região do cérebro que responde pela dor física é a mesma que reage quando uma pessoa está envolvida em uma separação amorosa ou em um caso de rejeição. As informações são da Associated Press.
"Estes resultados dão novo significado à ideia de que a rejeição 'dói'", escreveu o professor de psicologia Ethan Kross no estudo publicado na terça-feira da revista Proceedings of the National Academy of Sciences.
O coautor do estudo Edward Smith, da Universidade de Columbia, explica que a pesquisa mostra que eventos psicológicos ou sociais podem afetar regiões do cérebro que os cientistas acreditavam que fossem dedicadas apenas à dor física.
O estudo envolveu 40 voluntários que haviam passado por uma separação indesejada nos seis meses anteriores e que diziam que esse fato dava sensação de rejeição.
Na experiência, os voluntarios viam fotos de seus antigos parceiros e tentavam pensar na separação. Depois, viam fotos de amigos e tentavam pensar em momentos positivos com aquelas pessoas. Também havia um aparelho posicionado em seus braços que ora produzia um calor reconfortante e ora esquentava o suficiente para causar dor.
A duas situações negativas - pensar sobre a perda e o calor que queima - causaram respostas na mesma região do cérebro, de acordo com o estudo
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5035732-EI8147,00-Estudo+diz+que+separacao+amorosa+causa+sensacao+de+dor+fisica.html

Nasa divulga 1ª imagem da sonda Messenger na órbita de Mercúrio

A agência espacial americana divulgou a primeira imagem feita pela sonda Messenger do planeta mais próximo do Sol



.
A agência espacial americana (Nasa) divulgou nesta terça-feira uma imagem feita pela sonda Messenger após entrar na órbita de Mercúrio, o menor planeta do Sistema Solar e também o mais próximo do Sol. "Esta é a primeira imagem obtida a partir de uma nave espacial em órbita em torno do planeta", explicaram os cientistas em um comunicado.
A primeira fotografia mostra uma paisagem cinzenta, coberta por crateras. Segundo a Nasa, outras 363 imagens foram feitas pela sonda Messenger durante seis horas de observação em torno do planeta. Os coordenadores da missão disseram que a nave fez uma pausa em seu trabalho de reconhecimento fotográfico apenas o tempo suficiente para transmitir as novas imagens à Terra.
Enviada ao espaço em 2004, a sonda Messenger entrou na órbita de Mercúrio no dia 17 de março de 2011 e deve permanecer na missão por pelo menos um ano. A fase principal terá início no dia 4 de abril, quando a sonda vai começar o mapeamento de toda a superfície de Mercúrio, um processo que deve resultar em cerca de 75 mil imagens.
Os cientistas acreditam que, ao conhecer Mercúrio mais detalhadamente, será possível compreender melhor como a Terra e os outros planetas do Sistema Solar se formaram
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5035720-EI301,00-Nasa+divulga+imagem+da+sonda+Messenger+na+orbita+de+Mercurio.html

terça-feira, 29 de março de 2011

As fitas do ateísmo - Richard Dawkins

Clinton Richard Dawkins é um eminente zoólogo, evolucionista e popular escritor de divulgação científica britânico, natural do Quênia, além de professor da Universidade de Oxford. Dawkins é conhecido principalmente pela sua visão evolucionista centrada no gene, exposta em seu livro "O gene egoísta", publicado em 1976. O livro também introduz o termo "meme", o que ajudou na criação da memética. Em 1982, ele realizou uma grande contribuição à ciência da evolução com a teoria, apresentada em seu livro "O fenótipo estendido", de que o efeito fenotípico não se limita ao corpo de um organismo, mas sim de que o efeito influencia no ambiente em que vive este organismo. Desde então escreveu outros livros sobre evolução e apareceu em vários programas de televisão e rádio para falar de temas como biologia evolutiva, criacionismo, religião. Ele também defende e divulga correntes como o ateísmo, ceticismo e humanismo. Também é um entusiasta do movimento bright e, como comentador de ciência, religião e política, um dos maiores intelectuais conhecidos no mundo. Esses assuntos são devidamente retratados em seu mais recente livro, "Deus, um delírio", livro que já é best-seller em vários partes do mundo. Através de diversos fatos científicos, Dawkins nos mostra sua teoria da inexistência de Deus. Em enquete realizada pela revista "Prospect" em 2005, sobre os maiores intelectuais da atualidade, Richard Dawkins ficou com a terceira posição, atrás somente de Umberto Eco e Noam Chomsky. Por sua intransigente defesa da teoria de Darwin, recebeu o apelido de "rottweiler de Darwin" (Darwin's rottweiler), em alusão ao apelido de Thomas H. Huxley, que era chamado de "buldogue de Darwin" (Darwin's bulldog)
.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Orquestra de Londres faz concerto de três horas para plantas

Músicos tocaram todo tipo de composição, incluindo a "Sinfonia Número 40", de Mozart


.
Uma das mais prestigiadas orquestras britânicas tocou para uma plateia pouco comum: fileiras e mais fileiras de plantas que participam de uma experiência para descobrir se a música as ajuda em seu crescimento.

A Royal Philharmonic Orchestra executou um recital de três horas no Cadogan Hall, em Londres. Seus 33 músicos tocaram todo tipo de composição, incluindo a "Sinfonia Número 40", de Mozart.

Mais de cem variedades de plantas e vegetais, entre belos gerânios, brincos-de-princesa e sempre-vivas, foram instaladas confortavelmente no palco.

"Já havíamos tocado alguns recitais pouco comuns antes, mas este deve ter sido o mais estranho", comentou Benjamin Pope, maestro da orquestra
.
"A plateia foi a mais cheirosa para a qual já tocamos, embora tenha sido ligeiramente irritante ver todas as filas repletas de cabeças abaixadas, ao invés de seres humanos aplaudindo", brincou o famoso maestro.

O concerto foi organizado por um canal de compras que desejava testar a polêmica teoria de que as ondas sonoras estimulam a produção de proteínas nas plantas, fazendo com que cresçam mais rápido.

Um álbum de 45 minutos baseado na performance, chamado "As Sessões Florais: Música para Crescer", está disponível para download gratuito na internet para que os jardineiros mais entusiasmados possam testar a teoria em seus próprios quintais.

As plantas que "assistiram" à filarmônica em Londres também estão à venda
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893461-orquestra-de-londres-faz-concerto-de-tres-horas-para-plantas.shtml

Biografia sobre Gandhi o retrata como homossexual e xenófobo

Uma polêmica biografia sobre o ícone pacifista e líder independentista hindu, Mahatma Gandhi, o retrata como homossexual e ressalta seus supostos comentários xenófobos, entre outros aspectos desconhecidos, informa a imprensa local nesta segunda-feira.
O livro, intitulado "Great Soul: Mahatma Gandhi and his struggle with Índia" (Uma grande alma: Mahatma Gandhi e sua luta com a Índia, na tradução), foi escrito por Joseph Lelyveld, antigo editor do The New York Times. De acordo com alguns trechos da biografia divulgados nesta segunda-feira no The Wall Street Journal, Gandhi estava profundamente apaixonado pelo fisioterapeuta alemão Hermann Kallenbach, pelo qual deixou sua mulher em 1908.
Segundo os mesmos trechos, Gandhi escreve para Kallenbach: "Como tomaste completamente posse do meu corpo? Isto é uma verdadeira escravidão". Além disso, explica que seu retrato "é o único que tem na estante" de seu dormitório.
O casal, no entanto, se viu obrigado a se separar em 1914 quando, após o início da Primeira Guerra Mundial, Gandhi retornou à Índia, para onde Kallenbach não pôde viajar por ser alemão. Lelyveld cita outras cartas nas quais Gandhi faz Kallenbach prometer-lhe que não olharia "com luxúria para nenhuma mulher".
Em outra carta de 1933, o líder da independência da Índia reiterava sua lembrança de Kallenbach ao escrever: "Sempre estás em minha mente". O livro de Lelyveld, quem ganhou o prestigioso prêmio Pulitzer de Jornalismo em 1986, também semeia dúvidas sobre o humanismo de Gandhi, ao destacar supostos comentários xenófobos e racistas durante os anos que passou na África do Sul no início do século XX.
"Podíamos entender não estar classificados como os brancos, mas situar-nos no mesmo nível que os nativos sul-africanos era demais. Kaffirs (como são chamados os nativos negros da África do Sul) são por norma incivilizados. São problemáticos, muito sujos e vivem como animais", escreve Lelyveld na biografia de Gandhi.
Além disso, Gandhi era consciente da importância de suas declarações e exigia que os jornalistas "não utilizassem as palavras que tinham saído de sua boca, se não uma versão autorizada por ele próprio após a profunda e frequente revisão das transcrições". A obra de Lelyveld é fruto de seu trabalho como jornalista na Índia durante a década de 1960 e na África do Sul, onde trabalhou para o The New York Times nos anos 1980.
A biografia que, segundo o The Wall Street Journal, não deixa de mostrar uma profunda admiração por Gandhi, é equilibrada e procura apresentar uma visão mais humana do personagem, embora seja mais provável que decepcione seus admiradores
.
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5033537-EI8143,00-Biografia+sobre+Gandhi+o+retrata+como+homossexual+e+xenofobo.html

domingo, 27 de março de 2011

Matéria escapa de buraco negro em túnel magnético

O buraco negro suga a maior parte da matéria de sua vizinha, mas uma parte usa túneis magnéticos perpendiculares para escapar.[Imagem: ESA]


.
O observatório de raios gama Integral, da Agência Espacial Europeia, detectou matéria extremamente quente apenas um milésimo de segundo antes que ela mergulhasse para sempre dentro de um buraco negro.

Mas será que essa matéria está realmente condenada para sempre?

Fuga do buraco negro

As observações sugerem que a sentença definitiva parece não valer para toda a matéria, e que uma parte dela está empreendendo uma grande fuga do maior bicho-papão do Universo.

Ninguém gostaria de estar tão perto de um buraco negro. Apenas algumas centenas de quilômetros de sua superfície mortal, o espaço é um turbilhão de partículas e radiação.

Vastas tempestades de partículas estão entrando no seu próprio inferno, quase à velocidade da luz, elevando a temperatura a milhões de graus.

Normalmente, leva apenas um milésimo de segundo para que as partículas atravessem esse corredor final, mas parece restar um fio de esperança para uma pequena parte delas.

Tecido magnético

Graças às novas observações do Integral, os astrônomos agora sabem que esta região caótica é dominada por uma malha de campos magnéticos.

Esta é a primeira vez que campos magnéticos foram detectados tão perto de um buraco negro.

Mais importante ainda, o observatório Integral relevou que esses campos magnéticos são altamente estruturados e estão formando um túnel de fuga para algumas das partículas.

Os dados indicam que o campo magnético é forte o suficiente para arrancar algumas partículas das garras gravitacionais do buraco negro e afunilá-las rumo ao exterior, criando jatos de matéria que disparam para o espaço.

Radiação síncrotron

As partículas nesses jatos assumem trajetórias em espiral conforme ascendem pelo campo magnético rumo à liberdade, e isso está afetando a propriedade da sua radiação na faixa dos raios gama conhecida como polarização.

Um raio gama, como a luz comum, é um tipo de onda e a orientação da onda é conhecida como a sua polarização.

Quando uma partícula rápida espirala em um campo magnético, ela produz um tipo de luz, conhecida como radiação síncrotron, que apresenta um padrão característico de polarização.

Foi essa polarização que a equipe do Integral encontrou nos raios gama. E não foi fácil.

"Tivemos que usar quase todas as observações já feitas pelo Integral de Cignus X-1 para fazer essa detecção", disse Philippe Laurent, um dos membros da equipe.

Cignus X-1 é um buraco negro não muito distante de nós, que está destruindo uma estrela e se alimentando do gás que emana de seus destroços.

Jatos de matéria

Feitas ao longo de sete anos, as observações repetidas do buraco negro agora totalizam mais de cinco milhões de segundos - o equivalente a uma única imagem com um tempo de exposição de mais de dois meses.

"Nós ainda não sabemos exatamente como a matéria em queda se transforma em jatos. Há um grande debate entre os teóricos; essas observações irão ajudá-los a decidir," diz Laurent.

Jatos em torno de buracos negros já foram vistos antes por radiotelescópios, mas tais observações não conseguem ver o buraco negro com detalhes suficientes para saber exatamente o quão perto do buraco negro os jatos se originam. Isso dá a estas novas observações um valor inestimável.
.
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=materia-escapa-buraco-negro-tunel-magnetico&id=010130110325

Físicos criam antimatéria pesada e se aproximam da antimatéria sólida

Este é o detector do RHIC, onde as partículas de anti-hélio-4 foram observadas pela primeira vez.[Imagem: Star Colaboration]


.
Anti-hélio

Um grupo internacional de cientistas, com participação de brasileiros, criou uma nova forma de antimatéria que é a maior e mais complexa anti-coisa já vista.

Até então, a antimatéria mais complexa e mais pesada já criada era um híbrido de hélio e hidrogênio, um anti-hélio-3, com dois antiprótons e um antinêutron.

Agora foram criados núcleos de anti-hélio verdadeiro, contendo dois antiprótons e dois antinêutrons, ou anti-hélio-4.

O anti-hélio foi detectado no Colisor Relativístico de Íons Pesados (RHIC: Relativistic Heavy Ion Collider), que fica localizado em Upton, no estado de Nova Iorque. O colisor é operado pela Colaboração STAR, que reúne 584 cientistas de 54 instituições de 12 países diferentes.

Criação da antimatéria

No ano passado, a equipe STAR anunciou a descoberta do anti-hipertríton, formado por um antipróton, um antinêutron e uma partícula instável chamada anti-lambda. O anti-hipertriton era então antipartícula mais pesada que se conhecia.

Mas os 18 núcleos de anti-hélio-4 observados agora bateram os recordes anteriores.

Anti-partículas têm carga elétrica oposta à das partículas de matéria ordinária - os antinêutrons, que são eletricamente neutros, são compostos de antiquarks que têm carga oposta à dos quarks normais.

As partículas de antimatéria aniquilam-se no contato com a matéria comum, emitindo um flash de raios gama, o que as torna notoriamente difíceis de encontrar e observar.

Mas isto vem mudando rapidamente. No ano passado cientistas conseguiram capturar a antimatéria pela primeira vez e, há poucas semanas, anunciaram o desenvolvimento de uma garrafa capaz de guardar antimatéria.

No RHIC, os cientistas colidem núcleos atômicos pesados, como chumbo e ouro, para formar bolas de fogo microscópicas, onde a energia é tão densa que podem ser criadas muitas novas partículas.


A anti-tabela periódica é também conhecida como Quadro 3-D dos Nuclídeos. [Imagem: RHIC]
Anti-Tabela Periódica

"Eles nos levaram para o próximo elemento da anti-tabela periódica," comentou Frank Close, da Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A Tabela Periódica normal organiza os elementos de acordo com seu número atômico (Z), que determina as propriedades químicas de cada elemento. Os físicos também trabalham com o eixo N, que dá o número de nêutrons no núcleo de cada átomo.

O terceiro eixo representa a estranheza (S), que é zero para toda a matéria que ocorre naturalmente, mas pode ser não-zero no núcleo de estrelas colapsadas.

Os antinúcleos ficam na porção Z e N negativos, e o novo antinúcleo descoberto agora (mostrado em magenta na ilustração) estende a anti-tabela periódica para a região da antimatéria estranha.

Antimatéria sólida

O próximo anti-elemento dessa nascente anti-tabela periódica, o antilítio, poderia, em teoria, formar antimatéria sólida a temperatura ambiente - mas isso será algo muito mais difícil de fazer.

A equipe STAR calcula que o antilítio irá nascer de colisões com menos de um milionésimo da frequência de formação do anti-hélio-4 agora observado.

Na prática, isso o coloca fora do alcance dos colisores de hoje, incluindo o LHC.

Esconderijo da antimatéria

O cientista acrescenta que a obtenção do anti-hélio "não nos leva mais perto de responder a grande pergunta de por que é que o universo em geral não está repleto de antimatéria."

De fato, as teorias atuais afirmam que matéria e antimatéria foram criadas em quantidades iguais nos primeiros instantes do universo, mas, por razões desconhecidas, a matéria prevaleceu.

Um observatório espacial, chamado Espectrômetro Magnético Alfa, que será levado para a Estação Espacial Internacional em Abril pelo ônibus espacial Endeavour, vai tentar amainar esse problema.

Já se sabe que os antiprótons ocorrem naturalmente em pequenas quantidades entre as partículas de alta energia, os chamados raios cósmicos, que atingem a Terra.

O AMS irá procurar por antipartículas mais pesadas. Mas se o anti-hélio é produzido apenas raramente em colisões, como mostrado agora pelo RHIC, então o AMS não deverá detectar anti-hélios.

Se ele encontrar altos níveis de anti-hélio, isto poderia reforçar a teoria de que a antimatéria não foi destruída no início do universo, mas simplesmente separada em uma parte diferente do espaço, onde não entra em contato com a matéria.

Bibliografia:

Observation of the antimatter helium-4 nucleus
STAR Collaboration
arXiv
March 2011
http://arxiv.org/abs/1103.3312
.
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=antimateria-mais-pesada-anti-tabela-periodica&id=020115110324

Evolução fez a todos nós

No dia do aniversário de 70 anos, Richard Dawkins é destaque no Twitter


.
Hoje o Trendic Topics da rede social Twitter (lista dos assuntos mais comentados do momento) chamou atenção dos amantes da biologia e dos ateístas. O nome do biólogo evolucionista e ateu militante Richard Dawkins permaneceu por várias horas no ranking das palavras mais citadas por conta do seu aniversário; ele completa hoje 70 anos. Entre as frases, várias formas de parabenizar o cientista, aforismos de sua autoria.
Por sua posição antirreligião, Richard Dawkins é uma das pessoas mais polêmica do mundo. Para ele, a religião é o pior mau do planeta, responsável por guerras, arrogância e intriga entre nações. Ele manisfesta suas ideias contra a religião no livro “Deus, um delírio” e no documentário “A Raiz de Todo o Mal”, já exibido no Brasil pelo canal fechado GNT. Pela suas manifestações antirreligiosas, ele é considerado por sociedades religiosas um dos Quatro Cavaleiros do Apolipse, junto com Christopher Hitchens, Sam Harris e Daniel Dennett, todos ateístas militantes.
No entanto, Richard Dawkings se destaca mesmo como biólogo evolucionista. Seu primeiro e mais vendido livro, O Gene Egoísta, lançou sua teoria de que as ações no reino animal têm como objetivo sempre a eternização dos genes, repassado entre os sucessores. Outras obras de sua autoria são A Grande História da Evolução, O Maior Espetáculo da Terra e Desvendando o Arco-íris.
Algumas mensagens do Twitter:
@leonanclaro
Richard Dawkins é o cara, sem mais. Parabéns aí pro cara. #richarddawkins
@wishmaster3
Já briguei um bocado por causa desse nome. #RichardDawkins
@ThiagoShimizu
A ciência tem provas sem certeza. Os teólogos têm certeza sem qualquer prova.. (Ashley Montagu) #RichardDawkins days
@savinil_
Temos uma sociedade muito fútil e com poucos pensadores, por favor não nos deixe ainda. #RichardDawkins
.
http://blog.opovo.com.br/bigbangemprosa/2011/03/26/no-dia-do-aniversario-de-70-anos-richard-dawkins-e-destaque-no-twitter/

Fé não é virtude, é ingenuidade - The Real Cost Of Religious Faith - Atheist Experience 696

James Randi explica a Homeopatia

James Randi explica a Homeopatia
.

.

.

Homeopatia ou Otáriopatia?

Humor ateu - Curso de Especialização em Homeopatia UFAC

A Universidade Federal do Acre (UFAC) acolherá as inscrições para o curso de Especialização em Homeopatia até o dia 20 de janeiro. Para se inscrever, os interessados deverão comparecer na Secretaria de Pós-Graduação do Centro de Ciências da Saúde e do Desporto – CCSD, da UFAC.
Ao todo são oferecidas 20 vagas e o curso tem os seguintes objetivos:
Capacitar o médico ao exercício da clínica homeopática, proporcionando-lhe os fundamentos teóricos desta especialidade e o treinamento suficiente para a prática ambulatorial
Estimular a capacidade de análise crítica dentro de um sistema participativo e contínuo de ação-reflexão-ação, visando à aquisição dos processos e procedimentos que caracterizam a abordagem holística
Proporcionar qualificação para a produção científica dos profissionais da área de medicina, considerando que a atividade prática representa terreno fecundo para experimentos homeopáticos, guardados os preceitos éticos cabíveis
Promover a discussão da abordagem homeopática com estudantes da graduação da UFAC
Incrementar os laços entre a homeopatia e o Sistema Único de Saúde, favorecendo a oferta desta especialidade médica pela rede pública de saúde
O processo seletivo foi dividido em 3 fases, que ficaram assim divididas:
Análise de Currículos – 31 de janeiro
Prova Escrita – 02 de fevereiro
Entrevista – 08 de fevereiro
A divulgação do resultado final está marcada para o dia 09 de fevereiro e as aulas começarão no dia 19 do mesmo mês. Para saber mais, acesse o site da UFAC e leia o edital deste processo seletivo.


Leia aqui: http://www.folhacat.com.br/curso-especializacao-homeopatia-ufac/#ixzz1HpC9FWvhA Universidade Federal do Acre (UFAC) acolherá as inscrições para o curso de Especialização em Homeopatia até o dia 20 de janeiro. Para se inscrever, os interessados deverão comparecer na Secretaria de Pós-Graduação do Centro de Ciências da Saúde e do Desporto – CCSD, da UFAC.
Ao todo são oferecidas 20 vagas e o curso tem os seguintes objetivos:
Capacitar o médico ao exercício da clínica homeopática, proporcionando-lhe os fundamentos teóricos desta especialidade e o treinamento suficiente para a prática ambulatorial
Estimular a capacidade de análise crítica dentro de um sistema participativo e contínuo de ação-reflexão-ação, visando à aquisição dos processos e procedimentos que caracterizam a abordagem holística
Proporcionar qualificação para a produção científica dos profissionais da área de medicina, considerando que a atividade prática representa terreno fecundo para experimentos homeopáticos, guardados os preceitos éticos cabíveis
Promover a discussão da abordagem homeopática com estudantes da graduação da UFAC
Incrementar os laços entre a homeopatia e o Sistema Único de Saúde, favorecendo a oferta desta especialidade médica pela rede pública de saúde
O processo seletivo foi dividido em 3 fases, que ficaram assim divididas:
Análise de Currículos – 31 de janeiro
Prova Escrita – 02 de fevereiro
Entrevista – 08 de fevereiro
A divulgação do resultado final está marcada para o dia 09 de fevereiro e as aulas começarão no dia 19 do mesmo mês. Para saber mais, acesse o site da UFAC e leia o edital deste processo seletivo.


http://www.folhacat.com.br/curso-especializacao-homeopatia-ufac/

sexta-feira, 25 de março de 2011

Qual dessas duas foi feita a imagem e semelhança de deus????????

Operários encontram fósseis de mastodonte em obra no Chile

Fósseis de um mastodonte foram encontrados por trabalhadores de uma obra no Chile


.
Pesquisadores divulgaram nesta sexta-feira a descoberta de fósseis de um mastodonte que teria vivido a mais de 2 milhões de anos no Chile. O crânio e as presas foram encontrados por operários que trabalhavam em uma obra junto do rio Mapocho, em Padre Hurtaldo, nas proximidades da capital Santiago. As informações são do site do Daily Mail.
Após os trabalhadores perceberem os fósseis, paleontólogos foram chamados e escavaram o local. Segundo os especialistas, o crânio e as presas, com quase 4 m de comprimento, foram encontrados em perfeitas condições.
A descoberta do mastodonte, com tamanho semelhante ao dos elefantes modernos, pode permitir aos cientistas coletar maiores informações sobre a origem do animal.
A maioria das escavações de mastodontes foram realizadas na América do Norte. No Chile, apenas alguns fragmentos haviam sido encontrados anteriormente
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5028309-EI238,00-Operarios+encontram+fosseis+de+mastodonte+em+obra+no+Chile.html

RS: descoberto herbívoro de 260 mi de anos e dentes de sabre

Os pesquisadores nomearam a estranha espécie de Tiarajudens eccentricus


.
Uma equipe de paleontólogos das universidades Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Federal do Piauí (UFPI) e de Witwatersrand (África do Sul) descobriu fósseis de um vertebrado herbívoro com dentes de sabre em Tiarajú, na região central do Rio Grande do Sul.
Segundo a Ufrgs, o animal era um terápsido (antiga linhagem de vertebrados que deu origem aos mamíferos) que viveu no Período Permiano da Era Paleozoica - pelo menos 260 milhões de anos atrás.
Apesar de não ser muito grande (tinha o tamanho de uma anta), chama a tenção os dentes de 12 cm. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que era uma nova - e estranha - espécie e a nomearam de Tiarajudens eccentricus.
Os pesquisadores destacam também que é o mais antigo registro de terápsido que tinha a capacidade de mastigar e o mais antigo de um herbívoro com dentes de sabre - característica comum em alguns carnívoros extintos, como o famoso tigre dentes de sabre, mas rara em herbívoros.
Os cientistas acreditam que os longos dentes eram usados em lutas entre membros da mesma espécie ou como defesa contra predadores. A descoberta será publicada na revista científica Sciencie na edição de sexta-feira
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5026956-EI8147,00-RS+descoberto+herbivoro+de+mi+de+anos+e+dentes+de+sabre.html

Fóssil de coelho gigante é descoberto na Espanha

O Nuralagus rex pesava cerca de 10 vezes o peso de um coelho nos dias de hoje


.
Pesquisadores do Instituto Catalão de Paleontologia (ICP, na sigla em espanhol) descobriram fósseis de um coelho gigante na ilha de Minorca, na Espanha. A descoberta foi publicada nesta quarta-feira na revista Journal of Vertebrate Paleontology. O coelho, de nome científico Nuralagus rex, viveu há cerca de 5 milhões de anos e pesava entre 12 e 15 kg, cerca de 10 vezes o peso de um coelho nos dias de hoje.
A pesquisa indica que o mais curioso deste coelho gigante é o fato de ele não poder pular e se mover com as mãos e os pés colocados ao chão - característica de animais como ursos e capivaras. O estudo aponta que a existência deste mamífero roedor pode ser entendida pelo motivo de o ecossistema da ilha de Minorca não ter predadores para esta espécie.
"A pressão seletiva sobre os ecossistemas insulares gera a limitação de recursos, o que implica a ausência de predadores. Não podemos comparar com o que acontece hoje, porque a atividade humana levou à introdução de novas espécies e à caça", disse Meike Köhler, co-autora do artigo e chefe do grupo de pesquisa de Paleontologia do ICP
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5028124-EI8147,00-Fossil+de+coelho+gigante+e+descoberto+na+Espanha.html

Japoneses criam os primeiros espermatozoides em laboratório


.
Cientistas do mundo inteiro tentavam há quase um século, mas só agora um grupo conseguiu: pela primeira vez na história foi possível criar espermatozoides de um mamífero em laboratório.

A experiência foi feita com camundongos, mas o objetivo é adaptar a técnica para resolver problemas de fertilidade em seres humanos.

Os espermatozoides, criados por pesquisadores japoneses da Universidade da Cidade de Yokohama, conseguiram dar origem --por meio de fertilização in vitro-- a descendentes, machos e fêmeas, saudáveis e férteis.

Isso aconteceu até quando as células colhidas haviam passado algum tempo congeladas. É um fator que tradicionalmente atrapalha o sucesso da fertilização.

Para chegar ao resultado, os cientistas retiraram, por meio de uma biópsia, células dos testículos de camundongos recém-nascidos, com dois ou três dias de vida.

Esse material tinha apenas gonócitos e espermatogônias, estágios primitivos do complexo processo de formação dos espermatozoides.

Os cientistas tentaram fornecer quase todos os componentes da formação natural das células. Para que elas se desenvolvessem totalmente, eles adicionaram KSR, produto muito usado em culturas de células-tronco.

Após cerca de um mês, eles confirmaram a produção dos espermatozoides. As culturas continuaram produzindo essas células durante cerca de dois meses
.
CÂNCER

O sucesso da técnica em camundongos animou os cientistas. Um dos futuros objetivos da pesquisa é oferecer uma alternativa para preservar as células reprodutivas de crianças e jovens que precisam ser submetidos a tratamentos que podem causar infertilidade, como quimioterapia e radioterapia.

Para um organismo masculino completamente desenvolvido pode ser fácil conseguir farta quantidade de espermatozoides. Em crianças, o processo de maturação não está concluído, o que torna isso mais difícil.

O novo método também poderia ser aplicado em situações em que a infertilidade masculina é causada por outras razões.

Em certos casos, os homens conseguem completar com sucesso as etapas iniciais da divisão celular que origina o espermatozoide. É na hora de completar a etapa de maturação, porém, que algo sai errado e eles não conseguem gerar espermatozoides férteis.

IN VITRO

Pesquisas anteriores sugerem transplantes de células-tronco no tratamento contra a infertilidade. Tecnicamente, isso provavelmente seria possível com os espermatozoides criados em laboratório, gerando filhos pela "maneira tradicional".

Ainda assim, seriam necessários muitos outros testes para verificar a segurança dos transplantes.

Os criadores do esperma de laboratório pretendem usar fertilização in vitro, mas não há previsão de quando o método possa chegar ao público.

De acordo com especialistas, ainda é necessário cautela e, principalmente, mais testes para verificar se os descendentes produzidos com as células de laboratório são realmente saudáveis.

"A prole ser fértil é apenas um indicador bruto de que os gametas são "normais'", dizem os geneticistas Marco Seandel e Shahin Rafii, em crítica também na "Nature".

"Pesquisas devem ser feitas para saber se os descendentes da fertilização in vitro são saudáveis em outros aspectos (envelhecimento, sistema imune e outros)."

ESTUDO COMPLEXO

Embora seja a menor célula do corpo humano, o processo que produz o espermatozoide --conhecido como espermatogênese-- é complexo e leva mais de um mês.

Seu tamanho diminuto e a complexidade de sua estrutura mantiveram muitas de suas propriedades em segredo até agora.

Na semana passada, pesquisadores finalmente anunciaram como o espermatozoide é atraído para o óvulo uma espécie de poro das células "sentiria" a presença de progesterona e dispararia o mecanismo.

O sucesso com os camundongo abre as portas para a experiência em humanos, mas ainda não há previsão disso. "Estou confiante que conseguiremos aplicá-la [a técnica] em animais maiores", disse Takehiko Ogawa, chefe do trabalho.
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893269-japoneses-criam-os-primeiros-espermatozoides-em-laboratorio.shtml

Estudo sugere nave movida a água para baratear viagem a Marte

Veículos espaciais movidos a água podem abrir muitas possibilidades na exploração de planetas do Sistema Solar e, entre elas, tornar mais em conta uma viagem até Marte.

Uma nave desses termos custaria um pouco menos do que é gasto hoje com o lançamento de ônibus espaciais, noticia o site Space.com.

A proposta é de um engenheiro de software e empreendedor tecnológico, Brian McConnelll, e o coautor Alexander Tolley, que publicou o estudo na edição de março do "Journal of the British Interplanetary Society".

A propulsão seria feita com motores eletrotérmicos que superaqueceriam a água, resultando em vapores concentrados, capazes de impulsionar a nave até o espaço.

Ou seja, uma nova tecnologia não teria que ser desenvolvida para tornar o projeto uma realidade.

BANHOS QUENTES NO ESPAÇO?

A água como propelente principal tornaria a viagem mais barata, diz a pesquisa, graças aos motores eletrotérmicos que são considerados eficientes para esse fim.

Além disso, ela poderia ser usada de outras maneiras, já que é reciclável, o que reduziria consequentemente o peso morto tão problemático das viagens.

O voo também poderia ser mais confortável, na opinião de McConnell. Com água reservada, os astronautas cultivariam alguns alimentos, algo impensável nos dias atuais, e --o luxo dos luxos-- tomar vários banhos quentes.

O abastecimento seria feito em órbitas baixas da Terra, segundo as necessidades, ou mesmo pela reposição de água bombada de um asteroide ou da lua de Marte.
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893954-estudo-sugere-nave-movida-a-agua-para-baratear-viagem-a-marte.shtml

Fóssil de 525 milhões de anos conserva anatomia de criatura

Criatura tinha carapaça que protegia partes mais delicadas como tentáculos; na foto, o fóssil encontrado


.
Um fóssil de 525 milhões de anos descoberto na província chinesa de Yunnan contém detalhes anatômicos raros de uma criatura marinha, o Galeaplumosus abilus, que pertence ao filo dos hemicordados.

Bem preservado, o fóssil possui uma carapaça que protege partes mais delicadas como vários pares de tentáculos que foram usados para coletar alimentos --os plânctons.

A descoberta, retratada na versão on-line do "Current Biology", pode dar indicações sobre a evolução dos vertebrados
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893870-fossil-de-525-milhoes-de-anos-conserva-anatomia-de-criatura.shtml

Fêmeas de babuíno são vítimas de "violência doméstica animal

As fêmeas de babuínos Papio hamadryas, espécie que vive na região leste e norte da África, podem estar vulneráveis a uma forma de "violência doméstica animal". Nem mesmo quando deixam de pertencer a um grupo, elas escapam das hostilidades: acabam reconquistadas pelos machos agressores.

A primeira evidência de que uma fêmea era abduzida por um macho que não é originalmente seu surgiu dos estudos feitos pelo biólogo Hans Kummer há mais de 40 anos atrás, em 1968. Mas só agora esses sequestros entre os símios foram observados e analisados por cientistas, entre 2007 e 2009.

Cada vez que ocorria o sequestro de uma fêmea, o macho protagonizava uma missão de resgate para trazê-la de volta ao grupo de convívio inicial.

Larissa Swedell, da Universidade de Nova York e coautora do estudo, especula que esse não seria um meio justo de se ganhar uma nova companheira e a perda de uma não era aceita pelo primeiro macho, que saía em busca dela com a ajuda de outras fêmeas.

"O vínculo é tão forte, que a fêmea volta para seu macho mesmo que ele seja o responsável pela ameaça", diz Swedell --a pesquisa indica que o macho costuma dar mordidas e manter um controle rígido da fêmea.

A pesquisadora vê paralelos com a síndrome que acomete mulheres vítimas de violência doméstica e não são capazes de deixar seus companheiros agressores.
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893929-femeas-de-babuino-sao-vitimas-de-violencia-domestica-animal.shtml

Fotos Interessantes

quinta-feira, 24 de março de 2011

Estrela de 100°C pode ser a mais fria já descoberta

Concepção artística mostra como seria o sistema binário onde está localizada a estrela anã marrom CFBDSIR 1458 10B


.
Astrônomos descobriram a partir de observações feitas com o telescópio VLT (Very Large Telescope, ou Telescópio Muito Grande, em tradução livre), que fica no Chile, o Telescópio Keck II e o Telescópio Canada-France-Hawaii (ambos no Havaí) uma estrela que pode ser a mais fria já registrada. A temperatura do astro seria de aproximadamente 100°C, o ponto de ebulição da água.
Segundo o Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), as anãs marrons são estrelas falhas - não possuem massa em quantidade suficiente para que a gravidade dê origem às reações nucleares que fazem as outras estrelas brilharem. O astro recém-descoberto, identificado como CFBDSIR 1458+10B, faz parte de um sistema binário composto por ele e outra anã marrom e que fica situado a "apenas" 75 anos-luz da Terra.
A temperatura da estrela foi medida com o espectrógrafo X-shooter, montado no VLT, que registra o espectro infravermelho da luz. "Ficamos muito entusiasmados ao descobrir que este objeto tinha uma temperatura tão baixa, mas estávamos longe de imaginar que era um sistema duplo e que possuía uma componente ainda mais fria, tornando-o assim ainda mais interessante", diz Philippe Delorme do Institut de Planétologie et d'Astrophysique de Grenoble (CNRS/Université Joseh Fourier), coautor do artigo científico que relata os resultados do estudo.
Por causa da baixa temperatura, os astrônomos esperam que a estrela tenha características diferentes de suas irmãs marrons e se comporte mais como um exoplaneta gigante - os cientistas especulam que ela poderia ter, inclusive, nuvens de águas na atmosfera. "De fato, assim que começarmos a obter, num futuro próximo, imagens de planetas gasosos gigantes em torno de estrelas semelhantes ao Sol, penso que muitos deles se parecerão com CFBDSIR 1458+10B", diz Michael Liu do Instituto de Astronomia da Universidade do Hawaii, principal autor do artigo.
Outras duas anãs marrons descobertas recentemente a partir de observações do Telescópio Espacial Spitzer "competem" com CFBDSIR 1458+10B pelo título de estrela mais fria, mas elas ainda não tiveram a temperatura exata medida.
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5024075-EI301,00-Estrela+de+C+pode+ser+a+mais+fria+ja+descoberta.html

Donos de cães praticam mais atividade física, diz pesquisa


.
O melhor amigo do homem colabora não só com carinho e companheirismo, mas também com a saúde. É que, de acordo com uma pesquisa da Universidade Estadual de Michigan, nos Estados Unidos, os donos de cães se exercitam mais.
Os cientistas analisaram dados do Departamento de Saúde Comunitária de Michigan, incluindo a quantidade de lazer e atividade física dos voluntários. Segundo o jornal Daily Mail, descobriram que cerca de dois terços dos que têm cachorros relataram caminhar com eles regularmente.
Fora isso, os proprietários que passeiam com os animais de estimação se mostraram mais ativos de maneira geral. São 34% mais prováveis a atingir metas de atividade física. A publicação Journal of Physical Activity and Health divulgou esses dados
.
http://saude.terra.com.br/noticias/0,,OI5018714-EI1497,00-Donos+de+caes+praticam+mais+atividade+fisica+diz+pesquisa.html

Albatroz idosa volta para cuidar de cria após tsunami

Albatroz fêmea Wisdom cuida de filhote; ave com cerca de 60 anos é uma das mais velhas dos Estados Unidos


.
Wisdom ("sabedoria", em inglês), uma fêmea de albatroz, não detém apenas o título de ser uma das mais velhas da sua espécie a viver nos Estados Unidos --ela tem aproximadamente 60 anos.

A albatroz também se tornou conhecida por ter sobrevivido ao tsunami provocado pelo terremoto que ocorreu no Japão em 11 de março, atingindo o Havaí e matando milhares de aves do atol de Midway.

Nesta semana, Wisdom foi vista mais uma vez cuidado de uma cria. Fotografada, a imagem foi divulgada pela agência geológica americana, a US Geological Survey.

Um pouco antes, em fevereiro, a albatroz também ocupou o noticiário ao gerar um filhote apesar de sua idade avançada
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/892868-albatroz-idosa-volta-para-cuidar-de-cria-apos-tsunami.shtml

Mulher de 92 anos é presa nos EUA após atirar em vizinho

Helen Staudinger foi presa na Flórida após disparar quatro tiros contra o vizinho; rejeição teria sido motivo


.
A polícia do Estado da Flórida prendeu nesta quarta-feira Helen Staudinger, de 92 anos, por ter atirado contra um vizinho que rejeitou um pedido de beijo da mulher.

De acordo com os policiais, Staudinger teria ido a casa do vizinho Dwight Bettner, de 53 anos, e ficou furiosa após ter seu pedido de beijo negado, disparando quatro tiros contra a casa de Bettner usando uma pistola semiautomática
.
Os tiros deixaram uma janela quebrada, mas ninguém ficou ferido.

Bettner relatou ter problemas constantes com a vizinha, que estava cada vez mais apaixonada por ele e já tinha ameaçado atirar quando ficou sabendo que ele tinha namorada.

A mulher está agora na prisão do condado de Marion, onde deve aguardar julgamento
.
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/893087-mulher-de-92-anos-e-presa-nos-eua-apos-atirar-em-vizinho.shtml

Telescópios da Nasa fotografam nebulosa quadrada

Nebulosa quadrada MWC 922 seria formada por gases expelidos de estrela ou conjunto de estrelas central


.
Ninguém sabe realmente dizer como uma nebulosa toma a forma de um quadrado, mas esse é justamente o caso da MWC 922.

Uma das hipóteses diz que uma estrela, ou um conjunto de estrelas, que está no centro do sistema estelar expele cones de gases durante a fase final de desenvolvimento, originando esse peculiar feitio.

Com base em evidências científicas, os pesquisadores especulam que a MWC 922 pode se transformar, um dia, em uma supernova.

A foto, divulgada nesta quarta-feira pela Nasa (agência espacial americana), foi feita pelos telescópios espaciais Hale, na Califórnia, e Keck-2, no Havaí
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893056-telescopios-da-nasa-fotografam-nebulosa-quadrada-veja.shtml

Galáxia abrigaria até 2 bilhões de "Terras", diz pesquisa

Ilustração de Corot-7b, o primeiro planeta rochoso encontrado fora do Sistema Solar, achado por sonda europeira


.
Apenas na nossa galáxia, a Via Láctea, podem existir até 2 bilhões de planetas de tamanho semelhante ao da Terra. E isso é apenas a ponta do iceberg estelar. Cientistas estimam que existam mais de 50 bilhões de outras galáxias no Universo.

Os primeiros dados do telescópio Kepler, divulgados em fevereiro, mas reunidos agora em um novo estudo de pesquisadores do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, na Califórnia, sugerem que entre 1,4% e 2,7% das estrelas parecidas com o Sol possam ter planetas com tamanho entre 0,8 e 2 vezes o da Terra.

A maioria deve estar na chamada zona habitável --a distância da estrela que permite a presença de água líquida, considerada condição essencial à vida.

Esse detalhe animou os cientistas. "Com um número assim tão grande [de planetas com tamanho parecido com o da Terra, há uma boa chance de existir vida, talvez até inteligente, em alguns deles", disse ao site Space.com o astrônomo da Nasa José Catanzarite, um dos responsáveis pela pesquisa
.
DISTANTES

Ainda assim, nas cem estrelas semelhantes ao Sol mais próximas da Terra (a até umas poucas dezenas de anos-luz daqui), deve haver apenas duas com planetas do tamanho do nosso.

Mas, segundo os autores do trabalho publicado no "Astrophysical Journal", a quantidade de "gêmeas" nas redondezas pode aumentar. Catanzarite notou que outro tipo de estrela --as gigantes vermelhas-- também pode abrigar planetas desse tipo.

Nesses astros, que são mais antigos e já esgotaram o suprimento de gás hidrogênio, a detecção é mais complexa. Os cientistas pretendem localizar os planetas pela força gravitacional que eles exercem, e não por alterações no brilho da estrela, como no telescópio Kepler.

Como estrelas desse tipo são bem mais comuns do que as do tipo do Sol, é muito provável que possam existir ainda mais "Terras" por aí
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/892727-galaxia-abrigaria-ate-2-bilhoes-de-terras-diz-pesquisa.shtml

Vida na Terra e em Marte podem ter origens comuns, diz MIT

Um grupo de cientistas americanos vem desenvolvendo um instrumento para analisar a possível existência de organismos vivos com genes comuns em Marte e na Terra, informou na quarta-feira o Massachusetts Institute of Technology (MIT).

A pesquisa, denominada "Busca de Genomas Extraterrestres" (SETG), é levada a cabo dentro do Departamento de Ciências Terrestres, Planetárias e Atmosféricas do MIT.

As premissas das quais o estudo parte são que o clima na Terra e em Marte eram muito similares na origem do sistema solar, que várias rochas marcianas viajaram à Terra fruto do choque de asteroides e que evidências indicam que alguns micróbios podem sobreviver os milhões de anos de distância entre os dois planetas.

Além disso, segundo o MIT, a dinâmica orbital indica que é 100 vezes mais fácil viajar de Marte à Terra do que o contrário.

O resto da teoria, se for comprovada, levantaria a possibilidade de os seres humanos serem descendentes de organismos marcianos.

O aparelho desenvolvido pela equipe do MIT, capitaneado pelos pesquisadores Christopher Carr e Clarisa Lui, será desenvolvido para recolher amostras do solo marciano e isolar micróbios existentes ou restos de micróbios, para depois separar o material genético e analisar as sequências genéticas.

Posteriormente, estas seqüências seriam comparadas para buscar sinais de padrões quase universais entre todas as formas de vida conhecidas.

Embora reconheça que é uma pesquisa "a longo prazo", Carr indicou que, já que "poderíamos estar relacionados com a vida em Marte, pelo menos deveríamos ir e ver se existe vida relacionada com a nossa".

A equipe do MIT afirmou que pode levar cerca de dois anos para desenvolver o protótipo do SETG, mas que, uma vez desenvolvido, seria factível integrá-lo como uma broca em um veículo espacial de uma futura missão que viaje à superfície de Marte para recolher estas mostras.

Desde que os dois módulos Viking da Nasa aterrissaram em Marte em 1976, nunca mais foram enviados instrumentos à superfície marciana para buscar evidências de vida.

Já o astrobiólogo Christopher McKay, do Centro de Pesquisa da Nasa-Ames, na Califórnia, afirmou que "é plausível que a vida em Marte esteja relacionada com a vida na Terra e, portanto, compartilhemos genética"
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/893227-vida-na-terra-e-em-marte-podem-ter-origens-comuns-diz-mit.shtml

quarta-feira, 23 de março de 2011

Máquinas Mortais - A Inquisição

Explore a engenharia por trás das máquinas mortíferas da Idade Média, incluindo instrumentos perversos como a Roda da Morte de Aragon e um dispositivo de tortura conhecido como a Filha do Carniceiro

Parte 1. ttp://www.youtube.com/watch?v=52-6nPYrDZo
Parte 2. http://www.youtube.com/watch?v=r0iesyrHLak
Parte 3. http://www.youtube.com/watch?v=iU_GPJx8a1E
Parte 4. http://www.youtube.com/watch?v=VbBYpgTv3vI
Parte 5. http://www.youtube.com/watch?v=4svWQX2mvO8
Parte 6. http://www.youtube.com/watch?v=XY3IU1TI-So
.

SP faz cirurgia inédita sem cortes para retirar pedras nos rins

A Secretaria da Saúde de São Paulo divulgou nesta quarta-feira que o Centro de Referência em Saúde do Homem desenvolveu uma nova técnica para combater pedras nos rins. Uma cirurgia foi realizada com sucesso utilizando apenas um pequeno orifício na região abdominal para retirar as pedras. De acordo com o médico chefe do serviço de urologia, Joaquim Claro, foi o primeiro procedimento do tipo na América Latina.
Os pacientes com cálculos renais já têm tratamentos pouco invasivos com um equipamento que entra pelo canal do ureter e quebra a pedra. No entanto, para cálculos com mais de 2,5 cm ou alocados perto do rim, o método tradicional, com cortes na região do abdome, era escolhido para não comprometer o canal e preservar o paciente. Na cirurgia por acesso único, o aparelho consegue cortar a pedra e retirá-la sem afetar o ureter.
A intervenção utilizou um aparelho chamado de "single port" e uma câmera para que a equipe médica acompanhasse o procedimento através de um monitor de vídeo. Por ser menos invasiva, a nova intervenção oferece mais conforto ao paciente. Tanto a internação quanto o processo operatório são mais rápidos, e em torno de uma semana o operado já pode voltar a sua vida cotidiana.
Estima-se que uma entre 10 pessoas vá apresentar pedras nos rins ou nos ureteres pelo menos uma vez até chegar aos 70 anos de idade. A formação pode ser consequência de herança genética e também está ligada a hábitos de vida pouco saudáveis, como o excesso de ingestão de sal e alimentos gordurosos, em contrapartida da baixa ingestão de líquidos. Pacientes com cálculos renais apresentam fortes dores nas costas e em toda a região abdominal. Em alguns casos há, ainda, dificuldade para urinar
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5023476-EI238,00-SP+faz+cirurgia+inedita+sem+cortes+para+retirar+pedras+nos+rins.html

Estudo diz que sexo pode matar os menos preparados

Explosões repentinas de atividade física, de moderada a intensa "como correr ou fazer sexo" aumentam significativamente o risco de um ataque cardíaco, especialmente em pessoas que não se exercitam regularmente, disseram pesquisadores dos Estados Unidos nesta terça-feira.
Há muito tempo os médicos reconhecem que a atividade física pode causar sérios problemas ao coração, mas o novo estudo ajuda a quantificar esse risco, disse o dr. Issa Dahabreh, do Tufts Medical Center, em Boston, cuja pesquisa foi divulgada na publicação da Associação Médica Americana.
A equipe analisou dados de 14 estudos que examinavam a ligação entre sexo e o risco de ataques cardíacos ou morte cardíaca súbita - um ritmo letal do coração que faz com que o órgão pare de bombear o sangue. Eles descobriram que as pessoas são três vezes e meia mais propensas a ter um ataque cardíaco ou uma morte cardíaca súbita quando fazem exercício do que se não fizessem.
Essas pessoas são 2,7 vezes mais propensas a ter um ataque cardíaco quando fazem sexo ou imediatamente depois, em comparação com os que não fazem. (Estas descobertas não se aplicam a morte cardíaca súbita porque não há estudos relacionando sexo e morte cardíaca.)
Jessica Paulus, outra pesquisadora do Tufts que participou do estudo, disse que o risco é moderadamente alto como mostram as pesquisas. Mas o período de risco aumentado é breve. "Esses riscos aumentam somente por um curto período de tempo (uma ou duas horas) durante e depois da atividade física ou sexual", disse Paulus em entrevista por telefone.
Por causa disso, o risco para as pessoas ao longo do período de um ano é ainda bem pequeno, disse ela. "Se você pegar 10 mil pessoas, cada sessão individual de atividade física ou sexual por semana pode ser associada a um aumento de um ou dois casos de ataque cardíaco ou morte cardíaca súbita por ano", afirmou Paulus.
Ela declarou ser importante equilibrar as descobertas com outros estudos que mostram que atividade física regular reduz em 30% os riscos de ataques cardíacos e morte cardíaca súbita. "O que de fato não queremos é que as pessoas deixem isso de lado e pensem que o exercício é ruim", afirmou ela.
O que isso realmente significa é que quando pessoas que não fazem exercícios regularmente começam qualquer programa de atividade devem seguir lentamente, aumentando gradualmente a intensidade dos esforços ao longo do tempo
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5020103-EI8147,00-Estudo+diz+que+sexo+pode+matar+os+menos+preparados.html

terça-feira, 22 de março de 2011

Estudo indica que religião pode acabar em 9 países ricos

Dados de censos colhidos desde o século 19 indicam que a religião pode ser extinta em nove nações ricas que foram analisadas em um estudo científico.

A pesquisa identificou uma tendência de aumento no número de pessoas que afirmam não ter religião na Austrália, Áustria, Canadá, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Suíça e República Tcheca --o país com o índice mais elevado, com 60%.

Usando um modelo de progressão matemática, o levantamento --divulgado durante um encontro da American Physical Society-- mostra que as pessoas que seguem alguma religião vão praticamente deixar de existir nestes países.

Na Holanda, por exemplo, 70% dos holandeses não terão religião alguma até 2050. Hoje, esse grupo é de 40% da população.

"Em muitas democracias seculares modernas, há uma tendência maior de as pessoas se identificarem como sem uma religião", afirma Richard Wiener, que trabalha em um centro de pesquisa em ciência avançada, subordinado ao departamento de física da Universidade do Arizona.

A pesquisa seguiu um modelo de dinâmica não-linear que leva em conta fatores sociais e a influência que exercem em uma pessoa a fazer parte de um grupo não-religioso.

Os parâmetros se mostraram semelhantes em vários países pesquisados, indicando que a religião está a caminho da extinção nessas nações.
.
http://www1.folha.uol.com.br/bbc/892208-estudo-indica-que-religiao-pode-acabar-em-9-paises-ricos.shtml

Eu já vi Bilu o ET brasileiro

Veja aqui os depoimentos de pesquisadores e pessoas que participam do Projeto Portal que já tiveram conversação com Bilu o ET brasileiro
.
Afinal, quem é realmente o Extra-Terrestre Bilu? Duas emissoras de TV brasileiras (Record e Band), que estiveram no Projeto Portal, passaram para a população uma idéia bem diferente do que está acontecendo nos bastidores e nas pesquisas de campo desenvolvidas a partir das informações e conhecimentos obtidos através da parceria entre o Projeto Portal e o grupo de 49 raças Extra-Terrestres das quais Bilu faz parte.
Veja nossos vídeos! Procure se informar! Como disse o Bilu: “Busquem conhecimento!”.
O que este jovem amigo das estrelas veio fazer no Brasil e na Terra? Qual a mensagem dele para nós?
Vejam os diversos depoimentos de pesquisadores do Projeto Portal que já interagiram com o Bilu.
Produzido pelo COLETIVO TEMPO ZERO, este documentário fala das experiências de dezenas de pesquisadores do Projeto Portal com o Bilu. O público pode, agora, começar a entender e ter uma noção real das impressionantes e revolucionárias pesquisas do Projeto Portal e sua parceria com as 49 raças de Extra-Terrestres.
.
Assista a primeira parte do filme "O Mistério do Bilú", dividida em 3 capítulos
.
http://www.projetoportal.org.br/eujaviobilumenu.html

segunda-feira, 21 de março de 2011

O Universo 3º Temporada Ep07 - Vivendo no Espaço HD 720p

Justiça convoca Record a prestar esclarecimentos por reportagem sobre ET Bilu

A Rede Record terá de prestar esclarecimentos perante à Justiça por conta de matéria veiculada no programa "Domingo Espetacular" a respeito do Projeto Portal e o ET Bilu. A convocação é assinada pelo juiz auxiliar da 6ª Vara Cívil do Foro de São Paulo, José Antônio Lavoura Haicki.

Reprodução

Suposto ET Bilu
Com 21 minutos de duração, a reportagem, exibida em outubro do ano passado, entrevistou o presidente da Associação Projeto Portal, o pesquisador e ufólogo Urandir Fernandes Oliveira, além de associados.

Em ação elaborada pelo advogado do Projeto Portal, Lincoln Hottum, a Record é acusada de ter produzido uma reportagem "tendenciosa e abusiva", por comparar a pesquisa e as atividades do Projeto a uma seita religiosa que incentivava seus participantes ao suicídio coletivo.

Ainda na ação, o advogado argumenta que a reportagem preferiu deturpar os fatos conforme a vontade de seus editores. Segundo a defesa, a equipe teve a oportunidade de gravar imagens claras e próximas do extraterrestre, mas se negou, uma vez que o repórter, por suposto medo, preferiu não fazer contato direto, de acordo com informações do Brasil Wiki, do Jornal do Brasil.

Procurada pela reportagem do Portal IMPRENSA, a assessoria de imprensa da Rede Record afirmou que não foi informada sobre o caso.
.
http://portalimprensa.uol.com.br/portal/ultimas_noticias/2011/03/21/imprensa41150.shtml

.
.
.
.
Bilu - O ET de Corguinho (Reportagem TV Record
.

.

.

.
.
.
.
entrevista ET BILU Mundo Canibal.
.

Somos os únicos capazes - Richard Dawkins - Legendado

Somos capazes de superar a força brutal de quem nos criou A Seleção Natural
.

domingo, 20 de março de 2011

Eu, Ateu - Tréplica ao Pastor Rubens Teixeira

Hebe tem pena dos ateus (e Dilma consente)

Hebe tem "pena de quem não tem fé, [de quem] não acredita em Deus". Ateísmo virou motivo de pena, de dó, de lamentação agora?

E o pior de tudo: Dilma, presidenta da República, consente a pena preconceituosa de Hebe e ainda acrescenta uma frase bastante presunçosa de Guimarães Rosa
.

PMs da Rota são filmados ao misturar droga em tambor em SP

Célula do dente volta a fase "embrionária"

].
A partir de agora, pais e dentistas terão concorrência pelos dentes de leite das crianças. Cientistas brasileiros conseguiram usar a polpa desses dentes para criar células-tronco que podem dar origem a qualquer outra do corpo humano.

O grupo fez células-tronco adultas do dente regredirem até um estágio pluripotente induzido (ou iPS, em inglês), que tem propriedades semelhantes às das versáteis células-tronco embrionárias.

Grosso modo, é como se eles pegassem uma célula de árvore e a fizessem voltar ao estado que tinha na semente -capaz de originar qualquer parte da planta.

Como um dos principais objetivos do trabalho é tratar crianças com autismo, o fato de o método ser não invasivo é uma grande vantagem. Colher sangue ou fazer uma biópsia pode ser um processo muito traumático para os pequenos, além de trabalhoso para os médicos.

Muitos pesquisadores estudam iPS de células da pele. Como elas são mais expostas à luz, a contaminantes e outros causadores de mutações, sempre há riscos de que as células derivadas possam acabar comprometidas
.
Com os dentes de leite, que ficam "escondidos" na boca, esse risco é menor.

Além disso, essas células dentárias chegam a um estágio pluripotente pelo menos na metade do tempo que a maioria das outras.

Isso faz com que os cientistas possam acelerar o trabalho e também reduzir o custo, uma vez que o meio de cultura é caro. Cerca de R$ 1.500 por 500 ml.

Para a líder do trabalho publicado na revista "Cell Transplantation", Patrícia Beltrão Braga, da USP, o tempo menor tem a ver com as próprias características das células da polpa do dente.

"Essas células têm em sua superfície algumas proteínas que também estão nas células embrionárias. Isso nos fez levantar a hipótese de que a reprogramação poderia ser mais rápida e eficiente."

MEMÓRIA

Há indícios de que as células iPS, apesar de se tornarem versáteis, ainda guardam alguma "memória" de seu tecido original.

Isso pode se revelar inesperadamente útil no caso das células dentárias, porque elas têm semelhanças com as do sistema nervoso.

"Ainda é muito cedo para dizer se isso acontece mesmo. Mas já há indícios de células neurais, exatamente as que queremos", conta ela.

Stevens Rehen, da UFRJ, que não participou do trabalho, acha que a redução do tempo pode dar mais competitividade ao grupo. "Também indica que, felizmente, vivemos um excelente momento para as pesquisas com iPS no Brasil."

Ainda não há previsão de quando terapias com iPS poderão chegar ao público.
.
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/891060-celula-do-dente-volta-a-fase-embrionaria.shtml

sábado, 19 de março de 2011

Curiosos acompanham fenômeno da "super lua" em praias de SC

O fenômeno raro, chamado de "lua perigeu", acontece a cada 18 anos



.
A "super lua" registrada na noite deste sábado levou muita gente às praias de Florianópolis. O fenômeno raro, chamado de "lua perigeu", acontece a cada 18 anos e atraiu a curiosidade de dezenas de pessoas. Neste sábado, a lua se encontra em seu perigeu, que é o ponto de sua órbita mais próximo da Terra: 356.577 km de distância. Pelo fato da lua estar cheia, o efeito da aproximação acabou ampliado.
Desde 1993 o fenômeno não era observado e, quem acompanhou nas praias, pôde ver uma lua cerca de 30% mais brilhante do do que o normal. Na praia do Campeche, na região sul da cidade, muita gente aguardava a aparição da lua desde as 18h. A presença da "super lua" movimentou a praia mesmo durante à noite. Muitos curiosos levaram cadeiras de praia e cangas para garantir um bom lugar e acompanhar o espetáculo, que só deve se repetir ano de 2029.
"Já é lindo ver a lua cheia nascer em dias normais. Hoje ela parece maior e mais amarela", disse a professora Carla Santana, 34 anos. "Ainda bem que o tempo colaborou e as nuvens não esconderam essa maravilha da gente"
.
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5006897-EI238,00-Curiosos+acompanham+fenomeno+da+super+lua+em+praias+de+SC.html

Marijuana: Negative Health Effects

This video deals exclusively with the documented negative health consequences of recreational cannabis use. My next video, out shortly, will be on my feelings on marijuana legislative policy choices.

I used data from over 140 papers in the process of preparing this video. I've done my best to document sources. Below are some key papers for reference.

1. CANNABIS USE AND RISK OF LUNG CANCER: A CASE-CONTROL STUDY
Eur Respir J. 2008 February; 31(2): 280--286.

2. Possible role of marijuana smoking as a carcinogen in the development of lung cancer at a young age.
J Psychoactive Drugs. 1994 Jul-Sep;26(3):285-8.

3. Associations between duration of illicit drug use and health conditions: results from the 2005-2007 national surveys on drug use and health.
Ann Epidemiol. 2010 Apr;20(4):289-97.

4. Cannabis and road crashes: a survey of recent French studies.
Ann Pharm Fr. 2006 May;64(3):192-6.

5. Drugs in fatally injured young male drivers.
Public Health Rep. 1985 Jan--Feb; 100(1): 19--25.

6. Dose related risk of motor vehicle crashes after cannabis use.
Drug Alcohol Depend. 2004 Feb 7;73(2):109-19.

7. Developing limits for driving under cannabis.
Addiction. 2007 Dec;102(12):1910-7.

8. The effect of cannabis compared to alcohol on driving.
Am J Addict. 2009; 18(3): 185--193.

9. If cannabis caused schizophrenia--how many cannabis users may need to be prevented in order to prevent one case of schizophrenia? England and Wales calculations.
Addiction. 2009 Nov;104(11):1856-61.

10. Cannabis and suicide: longitudinal study.
Br J Psychiatry. 2009 Dec;195(6):492-7.

11. Cannabis use and the risk of developing a psychotic disorder.
World Psychiatry. 2008;7(2):68-71.

12. Delta-9-tetrahydrocannabinol effects in schizophrenia: implications for cognition, psychosis, and addiction.
Biol Psychiatry. 2005 Mar 15;57(6):594-608.

13. Adverse health effects of non-medical cannabis use.
Lancet. 2009 Oct 17;374(9698):1383-91.

14. General and oral health implications of cannabis use.
Aust Dent J. 2005 Jun;50(2):70-4.

15. Adverse health effects of non-medical cannabis use.
Lancet. 2009 Oct 17;374(9698):1383-91.

16. Adverse effects of cannabis on health: an update of the literature since 1996.
Prog Neuropsychopharmacol Biol Psychiatry. 2004 Aug;28(5):849-63.

17. Evaluating the drug use "gateway" theory using cross-national data: consistency and associations of the order of initiation of drug use among participants in the WHO World Mental Health Surveys.
Drug Alcohol Depend. 2010 Apr 1;108(1-2):84-97.

18. Does marijuana use serve as a gateway to cigarette use for high-risk African-American youth?
Am J Drug Alcohol Abuse. 2008;34(6):782-91.

There are another dozen or so papers I would like to include here, but will not for the sake of brevity.
.