Pôster do filme “Criação” (Creation) - baseado no livro “Annie’s Box”, escrito por Randal Reynes, tataraneto de Charles Darwin, o criador da teoria da evolução.

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Socorro pastor, meu filho é Cosplayer!

Pastor, meu filho me pediu que eu lhe desse cem reais para comprar uma fantasia do Sasuke, um famoso personagem de uma série animada japonesa.

Ele me explicou tudo. Ele agora faz parte de um grupo chamado cosplay, que usa roupas como às dos personagens que admiram. Eu estava bastante feliz, pois meu filho sempre foi muito fechado, ficava em casa mexendo na internet e nunca saia para ter com os amigos e jogar uma bola ou paquerar umas meninas.

Ele foi no tal encontro e quase enfartei quando recebi a ligação: Ele foi internado no hospital com severos cortes de armas brancas. Foi esfaqueado no encontro, que foi um verdadeiro banho de sangue. Aparentemente uma gangue rival, do Bleach, provocou a turma do Naruto e se deu uma tremenda briga, que deu inclusive nos jornais locais aqui do Espírito Santo.

Depois do ocorrido tomei conhecimento do seu artigo sobre os males da cultura japonesa e fiquei deveras preocupado. Vossa exa. disse que a cultura nipônica é envolvida com o umbandismo e os desenhos possuem mensagens subliminares. Realmente, meu filho, mesmo depois de quase morrer de hemorragia ainda insiste nesta mania de anime, mangá e cosplay. Como devo proceder para que ele passe a se interessar pelas coisas de Deus?

Caro, pai, você foi só mais uma vítima dentre milhares que me procuram todas as semanas com relatos parecidíssimos. Já disse e repito, os desenhos japoneses vêm destruindo lares pelo Brasil afora mas ninguém nota. Tudo é muito bonitinho e colorido,feito exatamente para disfarçar as mensagens umbandísticas contidas neles.

À primeira vista ninguém vê maldade no Naruto, Bleach ou Cavaleiros dos Zodíacos, mas com um olhar clínico é possível entender do que falo. Cavaleiros por exemplo doutrina os jovens na arte cigana da Astrologia, Bleach e Naruto tratam sobre demônios, e assim por diante.

Sobre os cosplays, caro, pai. Veja a definição dada pelo site Wikipedia: "Travesti, eonista ou cosplayer era originalmente alguém que se vestia com roupas do sexo oposto para se apresentar em shows e espetáculos, mas essa prática passou a designar hoje em dia principalmente os transgêneros, que após adquirirem formas femininas através de hormônios femininos ou perigosas injeções de silicone industrial, muitas vezes são empurrados à prostituição por falta de oportunidades no mercado de trabalho formal, devido a preconceito."

Saiba, pai, que é preciso ter pulso firme neste momento difícil. Não sou à favor da violência, mas caso não haja outra forma lhe encorajo a dar umas boas cintadas em seu filho até ele virar homem e deixar de lado estas coisas que interessa somente aos afeminados e sodomitas.

Desejo melhores para seu filho, quero que traga-o à nossa Igreja para uma sessão de descarrego urgentemente. Só assim ele deixará de ser transexual.

A paz.

Pastor Silas.

.

http://www.igrejainternacional.com/busca/naruto/


2 comentários:

Ivan disse...

kkkkkkkkkkkkkk

esses caras exageram em tudo

eu mesmo sou cosplayer e nunca vi nem bebida sequer nos eventos..

dentro dos eventos não se pode nem beebr, fumar e entrar com armas .. mesmo brancas e sem fio

Sérgix disse...

Aiai, ler essas coisas só demonstra como as pessoas são ignorantes, meu deus. Se um pai desse fosse ativo e interessado na vida do filho poderia curtir de forma inocente os animes junto com ele e inclusive apoir o cosplay dele, algo perfeitamente normal para uma criança e uma ótimo oportunidade de socialização para alguém instrospectivo. Mais sempre tem um bom pastor para apoiar essas idéias mediocres com suas palavras calculadas. Uma pena é claro...

O blog está ficando ótimo. Favoritei já!

Abraços Breno

Filipe

Postar um comentário