Pôster do filme “Criação” (Creation) - baseado no livro “Annie’s Box”, escrito por Randal Reynes, tataraneto de Charles Darwin, o criador da teoria da evolução.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Propósito para a vida

Sobre um propósito para a nossa vida eu diria que é apenas uma grande casualidade estarmos vivos, acho que ganhamos na loteria da vida e um grande acaso também existir vida aqui na terra. Mas vejo a vida como uma propriedade do universo, já que faz parte dele, somos átomos das estrelas, elas que nos deram a vida. De uma manira simbólica somos também do universo. Mas como existem bilhões e bilhões de planetas é claro que existe possibilidades de existir vida em outros bilhões de planetas parecidos com o nosso, o que não quer dizer que seria vida parecida com a nossa ou que algum dia algum ser de outro planeta já tenha nos visitado, como acreditam esses ufólogos fanáticos e charlatães. Estou escrevendo isso porque numa discussão ontem um agnóstico colocou que ele deixava em aberto a possibilidade de existir motivos ou propósitos para a existência de vida na terra, para mim não tem nenhum propósito, ela simplesmente existe assim como esse universo simplesmente existe também. Sem vida aqui na terra o universo não seria absolutamente afetado em nada já que somos apenas um grão de areia nesse oceano cósmico infinito.

3 comentários:

Ateuligente disse...

Reconhecer que cada molécula que constrói nosso corpo, e os átomos que constroem as moléculas, podem ser rastreados até os núcleos incandescentes de estrelas de alta massa que explodiram e lançaram seus interiores quimicamente ricos na Galáxia, enriquecendo quimicamente nuvens de gás primordiais com a química da vida. Desta forma, estamos todos conectados: biologicamente uns com os outros; quimicamente com a Terra e atomicamente com o resto do universo. Isto é maravilhoso. Isto me faz sorrir e, na verdade, isto me traz uma sensação de grandeza. Não que sejamos melhores que o universo, nós somos parte dele. Estamos no universo e o universo está em nós.

Neil deGrasse Tyson

Linguagem e Poesia - Bruno de Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Linguagem e Poesia - Bruno de Andrade disse...

A comprovação científica de que somos parte integrante de um Todo universal dá razão a filosofias espiritualistas como o taoísmo e o budismo que há milênios propunham essa filiação universal entre os seres vivos. Acontecimentos como o do furacão Sandy deveriam ser tomados como evidências de que não há nenhum designer inteligente tampouco propósito na origem do universo.

31 de outubro de 2012 04:12

Postar um comentário